Política

Diário e Folha de Pernambuco silenciam. JC é o unico  jornal local que repercute  o caso

Diário e Folha de Pernambuco silenciam. JC é o unico jornal local que repercute o caso

15/09/2012 16:54

Da redação

 

A quase maioria da imprensa local  silenciou sobre o furo do leituracritica.com em torno da assessoria que o candidato do PSB, Geraldo Julio, prestou ao  atual procurador chefe do MPPE, Agnaldo Fenelon, quando o mesmo ocupava a Prefeitura de Paulista, no final de 2003. A informação é relevante, pois a  semana  foi marcada pela disposição de Fenelon em  reabrir um caso adormecido na justiça -o “Escândalo das notas frias” – ao  pedir punição para o candidato Daniel Coelho (PSDB). O Diário de Pernambuco não deu uma linha sobre o assunto o mesmo ocorrendo também com a Folha de Pernambuco. Em “off” jornalistas consultados disseram que a notícia não teria tido a  “aprovação para ser editada” mas não deixaram claro se houve alguma gestão  externa para que isso acontecesse. O procurador foi indicado para o cargo pelo governador Eduardo Campos (PSB) que apóia Geraldo Julio.

Apenas, o Jornal do Commercio, deu destaque a informação do Leituracritica.com e estampou em sua manchete : “ Geraldo na gestão de Fenelon em 2003”. Embora não tenha citado o leitura o jornal dedicou boa parte de sua página 5 a informação antecipada ,ontem (14),  com exclusividade por esse site. O jornal, lembrou ainda, que em sua edição do dia 13 de dezembro de 2003 ,matéria nesse sentido foi publicada contendo a relação dos secretarios de confiança nomeados pelo então prefeito que havia sido empossado no cargo. Geraldo Julio  foi escalado para a pasta de finanças setor que foi descrito pelo jornal  como “pivô da crise” que culminou com o afastamento do então prefeito Antonio Speck. “Geraldo é um excelente nome para a Secretaria de Finanças e vai moralizar o setor”, disse enfático, o então prefeito Agnaldo Fenelon  que ficou apenas cinco dias no cargo.

Comentários

João Lima - 15 de setembro de 2012

Parabéns Ricardo,o povo tem o direito de saber das manobras que existe por trás dessas atitudes,ainda bem que a internet não tem censura.

[Reply]

Opine e entre na discussão