Política

Mutirão do Mensalão.

23/05/2012 13:37

O regime de três sessões exclusivas por semana para julgar o caso do mensalão não deixa de ser uma resposta do Supremo Tribunal Federal às pressões da sociedade, verbalizadas na mídia, para que os réus não saiam impunes.

A proposta de fazer sessões todos os dias foi rejeitada, e assim os magistrados cumprem a tradição e ficam no meio do caminho, tentando mostrar equilíbrio e não pender para o lado dos que pedem um julgamento acelerado.

 

Enquanto isso, o ex-presidente Lula continua afirmando que o mensalão não passou de uma tentativa de golpe a seu governo pela imprensa. Em campanha firme contra as instituições, Lula discursa e dá entrevistas repetindo o mantra, como fez ontem, esculhambando a credibilidade da Justiça e cuspindo na democracia que o serviu.

 

Opine e entre na discussão