Política

Apesar da alta popularidade de Dilma, Datafolha mostra Lula como favorito para 2014

Apesar da alta popularidade de Dilma, Datafolha mostra Lula como favorito para 2014

23/04/2012 07:35

Popularidade do governo Dilma Rousseff é alta, mas o grande beneficiário político é o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Essa é uma das conclusões a que se pode chegar pelos resultados da pesquisa Datafolha publicada na edição do domingo 22 do jornal Folha de S. Paulo, que começou a circular neste sábado 21. O governo Dilma quebrou mais um recorde de popularidade, alcançando 64% na classificação ótimo/bom, contra 59% obtidos no levantamento anterior, feito entre os dias 18 e 19 de janeiro. Quando os entrevistados foram perguntados sobre quem deve ser o candidato do PT a presidente da República em 2014, porém, o nome que sobressai é o de Lula. Ele conquistou 57% de respostas nessa questão, contra 32% para Dilma. “A presidente Dilma vem tendo curva crescente de popularidade e pode reduzir essa desvantagem em relação a Lula se mantiver essa trajetória”, disse o diretor do Datafolha Mauro Paulino ao jornalista Fernando Rodrigues, autor da matéria sobre a pesquisa.

Em alguns extratos da pesquisa, Dilma não apenas se aproxima, como chega a superar Lula nas manifestações pró-candidatura petista para 2014. A Folha destaca que, entre os eleitores com renda acima de dez salários mínimos, Dilma marcou 48% contra 45% para Lula. Nos eleitores que têm escolaridade de nível superior, 42% defendem a reeleição da presidente, enquanto 41% disseram preferir Lula. No placar geral, entretanto, Lula abre 25 pontos porcentuais de vantagem.

Num hipotético cenário de segundo turno eleitoral contra José Serra, do PSDB, o mesmo a quem enfrentou em 2010, Dilma, hoje, daria um banho, vencendo, segundo o levantamento do Datafolha, por 69% a 21% — no resultado final de 2010, ela obteve 56,05% contra 43,95% de Serra.

Quando a avaliação do governo Dilma foi feita apenas por eleitores que votaram em Serra nas últimas eleições, também nesse caso a presidente, como se diz popularmente, se deu bem. Nesse universo, ela obteve 52% de avaliação ótima ou boa para o seu governo. Dilma é aprovada, hoje, por 60% dos eleitores que se dizem simpatizantes do PSDB.

 

Do Brasil 247

Opine e entre na discussão